O dilema da Greve na UEFS


Parece bobagem, mas novamente este assunto, Greve, volta à tona na sempre bela Universidade Estadual de Feira de Santana. Nos corredores, nas salas, nas mesas de Bar, entre outros lugares todos e todas só querem saber de uma coisa. E ai haverá ou não haverá Greve dos Professores? Uma pergunta difícil de ser respondida de forma certeira, mas podemos trazer algumas considerações para que cada um tenha a sua impressão e se envolva um pouco mais no assunto de forma qualificada.
Na última quinta-feira (27/05/2010) ocorreu mais uma Assembléia da ADUFS, entidade representativa dos Professores da UEFS, sendo que a presença dos estudantes foi mais uma vez alta, porém a participação dos e das Professoras também foi alta, a questão é que o objetivos deles eram destoantes. Mais uma vez os Professores vinham debater a sua pauta; Campanha Salarial. Os e as estudantes, em sua maioria, queriam apenas saber se ia começar ou não a Greve, desta forma despolitizante.

O debate entre os professores foi muito bom, em varias falas foi mostrado que intuito dessa mobilização visa, principalmente, a abertura da negociação com o Governo da Bahia. Há mais de dois anos que o Governo de Todos os Nós vem enrolando os professores em sua pauta, que além das questões coorporativas (relacionada as questões salariais) tem a questão da famigerada Lei 7176/97, a ampliação do orçamento das UEBA’s e a garantia da autonomia universitária, assim a pauta da ADUFS não diz respeito somente a ela, mas a todos e todas que se fazem presentes na querida UEFS.

Neste mesmo período a ação da AD’s (Que é o conjunto de todos as Associações Docentes das UEBA’s) foi de unificar o movimento nas Universidade Baianas. Este quem vos escreve participou de algumas destas reuniões, mas infelizmente a dinâmica, principalmente do Movimento Estudantil, não garantiu que esta mobilização de agora fosse de todos os setores das universidades.

Ao final a Assembléia da ADUFS deliberou pelo Estado de Greve, com paralisação dia 09 de junho, quarta próxima, e um ato, nesta mesma data, de visibilidade, por volta das 14 horas, em Frente ao Iguatemi de Salvador. A ADUFS colocará um Ônibus para que Professores e Professoras, Servidores e Servidoras e os e as Estudantes estejam em peso nesta manifestação, para mostrar ao Governo que a Universidade esta unida na luta dos seus direitos.

Nesta última Segunda foi a vez dos Reitores ouvirem mais promessas do Sr. Secretário de Educação. O mesmo colocou que não pode abrir as negociações com os professores, pois assim abriria um brecha para que outros setores do funcionalismo público almejassem o mesmo e que só podia deixar sua palavra empenhada para novembro próximo no intuito de abrir tais negociações. Só rindo, para não chorar depois de uma dessas. Primeiro que o governo deveria estar negociando com todos e não fechando as portas e dando migalhas e segundo, para quem não sabe novembro vem depois de outubro, mês que ocorrerá as eleições para o Governo da Bahia, sendo assim o mesmo pode não está vislumbrando mais o Palácio de Ondina dois meses depois da sua promessa.

É importante mais uma vez ressaltar que a responsabilidade por uma Greve não é dos Professores e sim do tal Governo de Todos Nós, que se nega abrir negociação. Não temamos a greve e a sim a entendamos enquanto a última saída dos que acreditam na luta para mudar, pois sem luta não existe mudança e nem adianta dizer que os mecanismos precisam ser novos, pois a arma do governo se mantém a mesma da era dos Carlista.
 
Observação: As imagens da assembléia não puderam ser reproduzidas nesta matéria devido à problemas tecnicos.

1 comentários:

3 de junho de 2010 06:47 Marvin disse...

De fato não devemos temer a greve, mas saber que essa é a última cartada de qualquer um, que a mesma não é boa para ninguem, nenhuma das partes sairá beneficiada com a necessidade de tal movimento e sua concretização, a meu ver greve é o último suspiro desesperado de qualquer classe, e se chegamos ao ponto de necessita-la, estamos indo muito mal, não digo que não deva haver a mesma, se for a última e única forma de conseguir alguma mobilização e melhorias, que venha, mas digo sim, que fico triste por precisarmos chegar a esse ponto.

O VT da galera da ADUFS, e de todas as outras UEBA's
http://www.youtube.com/watch?v=B6mdIjqC68w

Postar um comentário