Professores decidem por Indicativo de Greve na UEFS


(a foto não é da Assembléia do dia 13 de maio)

Se fosse uma Assembléia Geral dos Estudantes, estes não teriam sido tantos assim, porém, como na pauta da Assembléia da ADUFS estava o ponto “Indicativo de Greve”, então eles apareceram aos montes. 

Assim às 17:30 do dia 13 de maio de 2010, já na sua segunda convocatória, deu-se início a mais uma assembléia dos professores, que se reuniram para discutir os seguintes pontos: Delegação da ADUFS para ao Congresso da Conlutas (Coordenação Nacional de Lutas) e ao Conclat (Congresso da Classe Trabalhadora) que ocorrerá em junho próximo, enquanto  delegados da entidade e tão esperado ponto Campanha Salarial 2010/Indicativo de Greve.


Assembléia, como de costume, começou pelos informes, logo após a direção da ADUFS e dos seus associados começaram o importante ponto sobre o Congresso da Conlutas e o Conclat. 

A partir das palavras do Professor Jean, foi mostrada a importância dos eventos e da participação da UEFS, a partir da nossa entidade representativa dos professores. Houve algumas objeções a esse momento histórico, onde tentaram trazer de volta o debate da importância da CUT (Central Única dos Trabalhadores) e até mesmo que a entidade dos Trabalhadores seria a CTB (Central dos Trabalhadores do Brasil), que juntas também realizarão, em data próxima, o Conclat, mas com certeza tal congresso será para que as mesmas mantenham suas posições de submissão ao Governo Lula e seu projeto de Brasil, que nada de bom traz aos brasileiros como um todo.

(esta também não)

Ao Final, com grande apoio da Assembléia, foram eleitos os delegados e delegadas. São eles: Professora Maslowa (DCHF), Professor Coelho (DCHF), Professor Jean (DTEC), Professora Joselisa (DEXA), Professora Edinusia (DCHF) e o Professor Onildo (DCHF), ainda a Professora Neima (DEXA) que ficou com a primeira suplência.

Em seguida começou o ponto tão importante aos estudantes, a Campanha salarial 2010/indicativo de greve. O Professor Jucelho (DCBIO) abriu com fala mostrando o tratamento que o Governo de todos os nós (Jaques Wagner) vem dando aos professores universitários, que nesses últimos 3 anos e meio houve muito mais enrolação que resolução das pautas dos mesmos. Após intenso debate foi aprovado por ampla maioria o indicativo de Greve, que já tinha também sido aprovado nas outras três UEBA’s (UNEB, UESC e UESB). 

Fica convocada nova assembléia para o dia 27 de maio, nas quatro estaduais, para discutir a situação após as negociações com Governo Wagner, sendo que se o governo mantiver o que vem fazendo no último período é inevitável uma Greve e a responsabilidade é toda do Ilustre Governador da Bahia e seus seguidores.

2 comentários:

16 de maio de 2010 05:05 windzen disse...

(escrevo de Recife onde estou sem acentos no netbook) Me chamou a atencao o pequeno numero de professores presentes na assembleia, assim como o grande numero de estudantes. Alguns professores chamaram a atencao para o fato...cabe uma escuta: o que esta acontecendo? Porque a maior parte dos professores nao estava la? Podemos falar de um movimento sem participacao, so com representantes? A mim, parecia que todos ali representavam alguma coisa...mas que faltava mesmo a base...a categoria...num momento como esse, trazer um maior numero de docentes parece fundamental...talvez os caminhos para isso precisem ser repensados...

26 de maio de 2010 07:38 Adminstração disse...

Professor que não cumpre suas atividades, que não se compromete com o ensino, que não se recicla, que acha que é o superior por seu mestrado e doutarado em uma tranqueira qualquer, que fica dando marcação em aluno e em turma (Séc XXI), que falta mais que todos os alunos juntos e ainda tem coragem de reprovar por falta. Esse tipo de "profissional" ainda tem coragem de pedir aumento? de Dizer que o salário tá sucatiado? Vocês deveriam ter vergonha na cara pq recebem por não fazerem nada praticamente, dão a mesma aulinha desde 1980 até hoje, aplicam a mesma avaliação das turmas anteriores. Vergonhoso demais conviver com vcs!
PS: Salvo raríssimas exceções!!

Postar um comentário